sexta-feira, 22 de maio de 2009

Notícias sobre o passeio


No último sábado tivemos juntamente com o pessoal do Remir, ABBA,Cena e Jeame o passeio com as meninas em situação de rua, fomos para uma chácara em Mauá.
Chegamos às 7:00 da manhã na missão Cena, e cinco meninas já estavam lá na porta esperando por nós, demos uma volta na cracolândia para tentar encontrar mais meninas, acabamos convidando uma menina que nunca tínhamos visto antes, ela tem 18 anos, é de Minas Gerais e acabou de chegar em São Paulo, então ao todo foram 6 meninas, elas estavam muito cansadas então dormiram durante toda a viagem, chegando lá tomamos café da manhã, jogamos vôlei, as meninas nadaram na piscina, arrumaram o cabelo, e descansaram bastante. Foi muito produtivo, pois tivemos um ótimo tempo de qualidade com meninas, nós as encontramos todas as semanas muitas vezes mais de uma vez, então foi ótimo estreitar nossa amizade com elas, esse passeio foi uma continuidade do que Deus tem feito através da vida de cada projeto que tem se dedicado a servir esses pequeninos.

Algo que Deus tem falado muito conosco é sobre permanecermos no amor de Deus, em João 15: 1-16 Jesus nos fala sobre ele ser a videira, nós os ramos, muitas vezes existem ramos doentes e frutos podres nessa videira, o Senhor nos ama demais para deixar que esses ramos tirem a energia da árvore que poderia ser gasta para produzir bons frutos, são frutos para que Deus seja glorificado e conhecido em nossas vidas.
A verdade é que uma árvore não produz frutos de um dia para o outro, nem todo o tempo, existem as estações certas para a colheita, para a poda e a estação de espera, em nossas vidas Deus sempre vai podar todo ramo e fruto podre, e a verdade também é que de tempos em tempos isso vai acontecer. Isso tudo faz parte de nossa jornada Cristã, processos dolorosos que Deus nos permitirá passar para produzirmos frutos que glorifiquem o seu nome. Muitas vezes pensamos em frutos como sendo as vidas ganhas para o Reino, mas creio que Deus está tão preocupado com nosso desenvolvimento, em produzir frutos do Amor de Deus.
No verso12 Jesus diz: “Amem-se uns aos outros como eu vos amei.”
Pare para pensar, Devo amar meu próximo como Jesus me ama! È algo muito grande e o maior fruto que Deus quer de nossas vidas. Não se trata de amor como um sentimento, mas como uma escolha de respeitar, servir, cuidar e preocupar-se com as necessidades dos meus irmãos.
Nós estamos juntos nessa grande jornada, e queremos crescer a cada dia em amor com nossa família espiritual, porque é só assim que Deus será glorificado através de nossas vidas.
Oramos para que a Graça de Deus nos capacite a viver esse amor. I Co 13:1-13

Um comentário:

Paula disse...

Que benção, gente!
Fiquei muito feliz com a notícia.
Deus abençoe vcs e as meninas.